Aquecedor pode fazer a mal a saúde e provocar a morte

Muito frio por aí? Quem tem criança em casa , principalmente os pequeninos, sofre muito com essa onda de frio pois mantê-los quentinhos não é uma tarefa fácil.

Uma das alternativas mais comuns é o uso de aquecedores. Muitas vezes portáteis, eles esquentam o ambiente, geram uma sensação de conforto e não fazem sujeira. Apesar de uma boa opção, seu uso exagerado por gerar problemas de saúde.

Os aquecedores se dividem em três categorias de funcionamento: a óleo, o elétrico e a gás, sendo esses dois últimos os mais utilizados.

Quando optamos pelo uso de aquecedores elétricos alguns cuidados devem ser empregados:

• manter o ambiente ventilado para evitar o aumento excessivo de temperatura;

• nunca cubra o aparelho ou deixe próximo a cortinas , papéis, para evitar incêndios;

• usar por um período curto , de até 4hs , para evitar o ressecamento do ar ;

A baixa umidade do ar costuma relacionar-se com piora de doenças respiratórias como asma e bronquite, além do surgimento e agravamento de sintomas irritativos e alérgicos, como coceira nos olhos, garganta e nariz e até mesmo sangramentos nasais espontâneos.

O uso de bacias de água, toalhas e panos molhados ou mesmo umidificadores de ambiente são muito úteis nessas situações.

A dica é utilizar aquecedores que consigam climatizar o ambiente, ou seja, desligam-se automaticamente quando determinada temperatura é atingida.

E PORQUE O AQUECEDOR A GÁS PODE SER PERIGOSO?

A atenção com os aquecedores a gás também deve ser associada à instalação e à utilização correta do aparelho. O aparelho deve ser colocado em um lugar ventilado e precisa obrigatoriamente possuir chaminé de exaustão.

Isso porque o gás que vaza e é liberado por esse tipo de aquecedor , o monóxido de carbono, não apresenta cheiro, cor, nem gosto e a sua inalação leva à intoxicação e, dependendo da quantidade inalada, pode levar ao óbito por asfixia.

Ligou o aquecedor a gás? Abra as janelas e portas

E a recomendação mais importante: evite o choque térmico entres os ambientes – de um quarto quente para um banheiro frio .

Como proteger seu filho do frio

Chega essa época do ano, a gente costuma ter uma baita luta diária : fazer as crianças entenderem que precisam se agasalhar. Fora o risco de encarar uma baita gripe só porque a criança insiste que não está com frio.

Quando a temperatura diminui, o tempo tende a ficar mais seco e as crianças são as que mais sofrem. É aquela situação que você conhece bem: coriza, tosse, espirro, dificuldade para respirar.Mas tenha certeza de que não é só na sua casa!

Por que certas doenças têm predileção pelo outono e inverno?

Devido a diminuição da umidade relativa do ar, as partículas( pó, bactérias , vírus ) ficam em suspensão por mais tempo e os lugares permanecem mais fechados , favorecendo a contaminação por vírus e bactérias

As quedas bruscas de temperatura em um mesmo dia e o aumento da poluição do ar também contribuem para uma maior incidência das doenças respiratórias, tanto inflamatórias como alérgicas.

Super dicas :

Ambiente

não deixe tudo trancado : durante o dia as janelas devem permanecer abertas para arejar o ambiente , por pelo menos por 3 horas ao dia ;

aquecedor : evite usar por um período um prolongado e atenção ao choque de temperatura : banheiro quente – quarto frio . As mudanças bruscas de temperatura podem ser prejudicais à saúde .

Muita atenção aos acidentes domésticos – há aumento nos casos de queimaduras em crianças nesta época . E não esqueça que o aquecedor reduz a umidade do ar , que já é baixa nesta época do ano .

use o umidificador : grande aliado nessa época do ano , eles são indicados quando temos uma umidade relativa do ar abaixo de 50% – o que é comum durante quase todo o inverno. Ao contrário do que muita gente pensa, o uso constante não aumenta a concentração de fungos .

Pode deixar ligado a noite toda no quarto do bebê ou da criança, apenas tomando o cuidado de não deixar o vapor muito perto da cama

Alimentação

não esqueça de oferecer água com frequência : no inverno as crianças “esquecem” de beber água e você deve oferecer várias vezes ao dia . A água ajuda a melhorar e fluidificar as secreções das vias áreas ;

mantenha a variedade na alimentação : boa hora de introduzir verduras que a criança não aceita muito bem . As sopas são ótimas para esquentar e ainda proporcionam uma boa variedade de fibras e vitaminas .

Roupas

use roupas em camadas : vista o bebê com uma camada de roupa a mais do que os pais estão usando e em camadas. Assim fica mais fácil de retirar alguma peça caso esquente. É importante que a primeira peça seja um body com um bom teor de algodão e que fique em contato direto com a pele.

use e abuse de touca e luva : é preciso cobrir bem as extremidades porque é por aí que o frio ataca. A prioridade é a cabeça que é a parte do corpo que se resfria mais rapidamente.

cuidado com materiais sintéticos : Evite colocar roupas de lã em contato direto com a pele. As crianças transpiram bastante , especialmente na cabeça, e a lã não absorve bem esse suor. Aposte em peças de algodão para ficar em contato direto com a pele do pequeno.

na hora de dormir use pijamas : é melhor colocar uma roupinha mais reforçada do que cobrir com muitos cobertores. Uma única manta de qualidade já é suficiente para aquecê-lo .

No carro

Retire os casacos mais grossos antes de coloca-lo na cadeirinha : isto é importante porque os casacos grossos fazem com que o cinto fique muito solto no bebê e em caso de acidentes, colocando a vida do bebê em risco. Coloque seu bebê na cadeirinha e depois o cubra com o casaco mais grosso ou com uma manta.

não mantenha o interior aquecido : as crianças irão transpirar e terão um choque térmico com o ar gelado do exterior .

Tem mais alguma dica ? Mande para mim!

Cuidados com blindex no banheiro

Não sei se vocês acompanharam, mas alguns relatos de mães ficaram famosos nas redes sociais especialmente nos últimos meses, contando sobre vidros de box que estouraram “sozinhos”, sem motivos aparentes, e feriram seus filhos durante o banho.

Infelizmente esse tipo de acidente não é raro e eu mesma já presenciei um caso no Pronto Atendimento : a criança ficou com inúmeros cortes , no rosto e no corpo , após a quebra do box do banheiro . Por isso resolvi tratar o tema aqui no blog .

Como os vidros quebram “sozinhos”?

O problema pode estar na fabricação do vidro ou na instalação da peça na casa. A parte móvel é a que mais apresenta esse tipo de problema : uma instalação incorreta ou o desgaste das peças pode causar desalinhamento do vidro , que passa a sofre impactos leves e atrito com muita frequência . Na hora, podem não resultar na quebra, mas a energia do movimento fica acumulada internamente na peça e resultando em uma quebra posterior (e sem motivo aparente naquele momento).

Todo box deve vir com o nome da fabricante marcado no vidro, na parte superior. Se o seu não tem isso, desconfie e questione a loja que comercializou o produto.

Acontecem mais no inverno?

Uma causa comum para a quebra espontânea, especialmente no caso de vidros temperados, é a variação de temperatura. No inverno o vidro pode “sofrer” choque térmico , quando o banheiro está frio e ligamos o chuveiro quente) ou depois do banho , ao abrir a porta do banheiro . Por isso ocorre mais no inverno.

Cuidado com a escolha do material

Quando você for escolher o box para o seu banheiro, verá que existem tipos diferentes de vidro para essa finalidade: temperado, laminado e com película. A diferença entre eles está no processo de fabricação.

No caso do vidro temperado, a peça é exposta ao aquecimento e, em seguida, ao resfriamento rápido, o que garante um material até cinco vezes mais forte que os demais. Com isso, ao quebrar, os fragmentos são pedaços pequenos e sem pontas.

Já o vidro laminado é formado por diversas lâminas interligadas. O diferencial dele é que, em caso de quebra, os cacos ficam todos presos na superfície, evitando o contato com as pessoas.

Esse efeito é parecido com o que os vidros laminados fabricados com película de segurança. Assim, ao quebrar, os cacos também ficam presos à estrutura (embora temporariamente, por cerca de duas horas). Um cuidado aqui é que a aplicação da película deve ocorrer antes da instalação do vidro.

Dicas :

Compre tudo no mesmo lugar : peças de vidro e montagem da mesma empresa de fabricação. Isso porque, às vezes, a instalação pode contar com estruturas diferentes, que variam com a marca ;

Não economize com o material : o vidro apresenta algum pedacinho quebrado (lascado ou arranhado), está com fendas ou bolhas? Em caso afirmativo , não compre .

Faça manutenção : especialistas em vidros recomendam que, pelo menos a cada 12 meses, um profissional da vidraçaria seja contatado para verificar as condições do material.

Fique atenta :

• A porta não deve correr sozinha. Se você cessa a força, ela deve parar;

• O puxador não deve bater na parte fixa do box. O mecanismo do trilho deve impedir que isso aconteça;

• A porta de correr não deve exigir esforço para ser aberta, nem pesar na mão durante o movimento.

Qual a melhor roupa para o meu filho com esse frio ?

Os pediatras são unânimes ao afirmar que o corpo das crianças perde calor muito mais rapidamente que o de um adulto. Mas como e quais peças podemos usar para deixar a criança quentinha ?

O ponto fundamental para roupas de inverno infantil é o conforto. Crianças, independentemente da época e do momento, são muito agitadas, gostam de brincar, descobrir coisas e, por isso, devem estar confortáveis o bastante para se movimentarem sem nenhum incômodo. 

É preciso prestar atenção no tecido para assegurar o conforto e evitar reações alérgicas. A alergia aos tecidos pode acontecer em qualquer criança e é preciso observar de perto o surgimento dos sintomas. Os sinais mais comuns podem ser observados na pele, como coceiras, bolhas e vermelhidão. Sendo assim, vale a pena fazer um teste com a roupa antes de a criança usar em alguma ocasião. 

Nada mais irritante do que uma roupa que pinica !

COM QUE ROUPA EU VOU ?

Use camadas de roupas

A primeira peça deve ser de algodão e bem justinha ao corpo , pois assim manterá o calor e absorverá o suor . Nas pernas , meia calça e ceroulas podem ser necessárias nos dias de frio intenso .

Já a segunda camada deve ser mais quentinha , como um moletom ou blusa de lã . Evite a calça jeans – de trama aberta , ela não aquece .

Na terceira camada , coloque aquele casaco impermeável , de material sintético , de preferência com punho , para bloquear a entrada do ar frio .

Brincou e esquentou? Basta tirar um peça e ainda ela estará aquecida

Proteja as extremidades

É preciso cobrir bem as extremidades porque é por aí que o frio ataca. A prioridade é a cabeça , pois é a parte do corpo que se resfria mais rapidamente. As toucas podem ser de algodão , para os bebês , e de lã , para os maiores .

Luvas e polainas são boa opções!

Nos bebês, use sapatos de tricô. Indicados para recém-nascidos ou crianças que ainda não andam, a lã aquece muito os pés. Calçados com meias, deixam os pezinhos do bebê ainda mais protegidos.

Pijaminha bem quentinho

Depois do banho , use um roupão de banho em cima do pijama . Deixa a criança aquecida e é super confortável.

Crianças não param de se mexer até quando dormem .Então , use um bom pijama reforçado – assim ele nunca ficará descoberto a noite .

E você, tem alguma dica especial? Conta pra mim !

Como proteger seu filho do frio ?

Para deixar os filhos aquecidos, muitos pais e mães vestem a criança com casacos pesados, colocam toucas e luvas para se proteger. Mas, será que precisa de tudo isso? Em parte, sim. Crianças, assim como idosos, são mais vulneráveis às infecções respiratórias e por isso é preciso ter muito cuidado para vesti-las com o número adequado de roupas para o inverno. Mas devemos evitar o excesso de blusas e casacos , pois uma criança que transpira e tira o agasalho , toma uma grande choque térmico , o que faz muito mal à saúde.

Criança não sente mais frio do que adulto! Isso é mito.

Como proteger a criança no banho

E o que fazer em relação ao banho, durante o inverno? Procure dar banho no bebê nos horários mais quentinhos do dia , no período da tarde , entre 15 h e 16 h. Para diminuir a sensação de frio, o próprio vapor do chuveiro pode ser um aliado. Deixá-lo ligado para a água esquentar e o vapor aquecer o banheiro enquanto se tira a roupa da criança é uma alternativa, inclusive, para evitar o choque térmico entre a água e a pele do bebê.

Nunca deixe seu filho sair de casa após o banho , principalmente de cabelos molhados .

Como proteger na rua

Bebês possuem pouco cabelo e a área da cabeça é maior do que nas crianças maiores , portanto é fundamental o uso de gorros no meses com baixas temperaturas . Use e abuse de luvas , polainas e coletes : aquecem áreas mais frias do corpo e deixam a criança quentinha .

Para os pais de primeira viagem , um bom termômetro são as mãos das crianças : mão quente – está bem agasalhada / extremidade fria – falta agasalho.

Cuidado com os agasalhos na hora de colocar o cinto de segurança : ele deve permanecer próximo ao corpo da criança , sem folgas . Se ficar desconfortável , deixe o agasalho por cima , como uma coberta .

Como proteger das doenças

• Lugares fechados e com muita gente aumentam a chance de contrair doenças respiratórias . Cuidado com os bebês abaixo de 2 meses , pois ainda não foram vacinados e não possuem a imunidade adequada.

A sala de espera do Pronto Socorro é o local mais contaminado nos meses frios , pois todo mundo com doenças respiratórias , incluindo o coronavírus e pneumonias , irá procurar atendimento . Evite ao máximo levar seu filho , principalmente nos horários de maior movimento ( das 18:00 às 22:00hs ).

• Ofereça muito água para hidratar e ajudar na eliminação de secreções , nas gripes e resfriados . Realize a limpeza das narinas dos pequenos com mais frequência, usando soro fisiológico, que evita que a secreção fique parada.

• Para bebês , utilize tapete de E.V.A. para reduzir o frio e permitir que engatinhem e brinquem a vontade. A limpeza deste tipo de material é fácil e não acumula poeira ou pelos de animais . • Deixe as janelas abertas durante o dia para permitir a ventilação e eliminar vírus e bactérias do ambiente.

Na hora de dormir

Sempre de barriga para cima !

Não use cobertores e mantas dentro do berço, pois aumentam a chance do bebê se enforcar ou sufocar. Coloque um pijama mais quentinho e se precisar , use um edredom , fino , preso sobre o colchão. Fica a dica .