Toda criança tem seu tempo ?

Volta e meia, na minha página do Facebook, me deparo com algum comentário do tipo “estou preocupada porque meu filho tem 2 anos e meio e ainda não fala”. Inevitavelmente, surge alguma mãe repetindo a máxima de “toda criança tem seu tempo”.

Será mesmo que cada criança tem o seu tempo ?

Não ! Quando falamos em marcos do desenvolvimento,sabemos que um dos principais sinais de que uma criança possui alguma deficiência cognitiva ou intelectual, é o ATRASO COM RELAÇÃO ÀS DEMAIS CRIANÇAS DA MESMA IDADE.

Muitas mães demoram a perceber que seu filho possui algum atraso devido a dificuldade em admitir este fato. Mas a verdade é que não podemos considerar que cada criança tem seu tempo e imaginar que de uma hora para outra a criança disparará a fazer uma tarefa que ela não desenvolveu.

Sim, cada indivíduo é ÚNICO, pois tem sua própria história de vida, sua composição genética e vive dentro de um contexto específico de aprendizagem. Mas, existem os MARCOS DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL, ou seja, atitudes que são esperadas em cada faixa etária. Ficar esperando que a criança aprenda por si só é muito perigoso.

Sair das fraldas , segurar um lápis são marcos do desenvolvimento

A questão é que devemos sempre estar atentos as crianças da mesma idade dos nossos filhos, tanto com relação a fala quanto com relação a diversos outros fatores como psicomotricidade, senso de direção, desenvolvimento escolar e social , e verificar se o desenvolvimento das crianças está seguindo o padrão de acordo com a determinada faixa etária.

O que são marcos do desenvolvimento?

Os marcos do desenvolvimento infantil são referências usadas para acompanhar o crescimento dos pequenos. Por esse motivo é tão importante ficar por dentro do assunto.

Marcos do desenvolvimento:

• 2 meses : sorri quando conversam com ele , mexe ativamente os braços e pernas .

• 4 meses : sustenta o pescoço quando de bruços , ri ( gargalhadas) , segura objetos .

• 6 meses : localiza o som , leva a mão a boca com frequência e começa a estranhar pessoas que não são do seu convívio.

• 8 meses : senta sem apoio , brinca de esconde/achou , transfere objetos de uma mão para outra .

• 12 meses : anda com apoio, imita gestos como bater palmas , começa com algumas palavras .

• 18 meses : anda para trás , fala até 3 palavras , usa colher ou garfo .

• 2 anos : chuta bola , tira a roupa , pula com os dois pés, consegue formar frases simples com 2/3 palavras .

• 4 anos : saída total das fraldas , brinca com outras crianças , pula em um pé só , veste-se sozinha.

E se ele não está fazendo ?

O seu pediatra é a pessoa mais indicada para você conversar sobre o desenvolvimento do seu filho. Em caso de dúvidas e inseguranças, não hesite em procurá-lo para se acalmar. Se for necessário, ele indicará o acompanhamento de outros profissionais.